Jurassic World 2 provavelmente terá um orçamento gigante

Nedry dinheiro

O diretor do próximo filme da franquia Jurassic, Juan Antônio Bayona, revela que o filme talvez custe 260 milhões de dólares para a Universal Studios.

Diante da arrecadação recorde de Jurassic World em 2015, parece que a Universal Studios resolveu investir ainda mais pesado no próximo filme da franquia. Em entrevista à revista espanhola El País Semanal, o diretor afirma que o orçamento projetado para o filme está entre 200 e 260 milhões de dólares. Caso o teto deste valor seja utilizado na produção, seriam 110 milhões a mais que o investido pelo estúdio em Jurassic World. Um aumento considerável no valor, quase o dobro.

O aumento do valor do filme é um sinal positivo para os fãs. Talvez signifique que Bayona deseje usar ainda mais CGI (isso é possível?) do que Colin Trevorrow usou em Jurassic World. Talvez a inclusão de penas em alguns dinossauros? Os custos da animação de penas são maiores do que de dinossauros escamosos. Ou pode significar a construção de animatrônicos, que são itens caros para a produção. Também pode ser o indício do uso de mais efeitos especiais práticos, o que é algo desejado pela plateia.

Outra hipótese é que estrelas de maior peso em Hollywood talvez se juntem ao elenco, pois elas custam caro e pesam no orçamento. E mais uma razão pode ser o simples aumento de investimento em publicidade, que foi bastante criticada em Jurassic World.

Nós do Jurassic Park 4.4 acreditamos que seja improvável que invistam em animatrônicos. Eles estarão no Havaí, logo… o máximo que teremos de animattrônico é outra cabeça, por causa do transporte Londres-EUA-Havaí. Sobre os custos de CGI, eles agora tem muito mais dinheiro para fazer coisas maiores (e melhores) em CGI, mas aparentemente não irão entrar para a moda das penas, por dois motivos. Primeiro, porque  o filme com certeza vai focar em alguns específicos e híbridos de novo, então… o uso de um visual atualizado (e destoante dos outros filmes) dificilmente será adotado. Segundo, porque Colin Trevorrow e Steven Spielberg não são adeptos das penas para a franquia, e a batuta deste filme ainda está nas mãos destes dois cavalheiros. Uma coisa sabemos: possivelmente vão ficar mais atentos a erros de desenho dos animais, pois ao menos isso nossa equipe sabe que o Colin deve ter sido informado – sobre os problemas como a altura da cauda do Stegosaurus.

Desta forma, acreditamos que a maior parte destes custos são para filmar em Londres, País de Gales e Havaí. Aparentemente esse orçamento será usado para para investimento em CGI e cenários em estúdio como os de Jurassic Park ///, que mudam todo um set de cinema. Lembre-se dos custos de deslocamento entre Londres e Havaí. Imaginem como sai caro criar sets nesses lugares. E também deve haver um aumento do investimento em publicidade.

O próximo filme deve começar a ser filmado daqui a cerca de seis meses.

Fontes: El Pais Semanal e Scified

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *