Quem é o dono do dino?

Sinclair vs Universal

Uma rede de combustíveis fósseis (se me permitem o trocadilho) processa Jurassic World pelo uso da marca Hybrid Dino.

Famosa pela logo com um brontossauro e uma série de outros itens relacionados a dinossauros, a Sinclair Gas avança em uma batalha judicial contra a Universal Studios.

Em julho de 2015 a Universal iniciou o processo de registro da marca Hybrid Dino para usá-la em todo tipo de produtos: brinquedos, roupas, softwares, video games e até cartões de natal, entre outros.

Do outro lado, a Sinclair já é uma companhia tradicional nas rodovias norte-americanas, e inclusive já apareceu em vários filmes. Um exemplo é a paródia Dinoco de Toy Story. É por isso que a empresa já possui o registro de muitas marcas com o termo “Dino”, como Dino Lube, Dyno-Tech, Dino Mart e Dinocare.

Por isso, a Sinclair tem sido bastante protetiva a respeito da marca Dino, e parece ser obcecada em manter este termo, para fins comerciais, apenas associado aos seus próprios produtos. A companhia fez um pedido formal para contestar o uso de Hybrid Dino pela Universal. Segundo a empresa, eles não vão permitir o registro de uma marca similar à que eles já usam, pois ela é potencial para confundir o consumidor.

Aí vem a pergunta: se você visse uma imagem da Indominus rex em uma camiseta, com as palavras Hybrid Dino, você confundiria isso com um produto da Sinclair?

O termo “Dino” é a simples abreviação de dinossauro. E, só nos EUA, há mais de 820 registros de marca que o usam. Mas parece que a Sinclair só se preocupa com a grande publicidade que a gigante Universal ou outras empresas de grande porte podem dar a sua própria marca.

E nos perguntamos se a Sinclair poderia iniciar uma batalha global por marcas similares. Como fica a Shell, que usa um fóssil de bivalve como logo? No Brasil existe uma rede de postos de combustível chamada Sauro. Eles atuam em São Paulo e em Goiás. A similaridade com  Sinclair é inegável, mas seria preciosismo demais da empresa suprimir do mercado tanta coisa com a marca “dinossauro”?  Me pergunto o que Richard Owen teria a dizer sobre isso.

Postos Sauro

Fontes: Morrisson Lee, aqui e aqui

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *