Mais detalhes da nova edição do Mundo Perdido

d06

Aqueles que adquiriram o livro na pré-venda já estão recebendo seus exemplares. Então agora temos acesso ao livro propriamente dito pudemos fazer imagens de qualidade do seu interior.

Ao observar as artes dos dinossauros ao redor do mapa, agora é possível confirmar a adoção de desenhos desatualizados para algumas espécies: Apatosaurus, Stegosaurus e Triceratops.

d01

d02

d03

d04

d05

d07

d08

d09

d10

Ao contrário do que suspeitou-se anteriormente, o Carnotaurus não foi substituído por um Ceratosaurus. Seu crânio encontra-se de acordo com o padrão da espécie, mas seus braços estão incorretos. O Carnotaurus tinha braços extremamente curtos, terminados em quatro dedos. A ilustração da Aleph mostra braços longos como o do Ceratosaurus, compare as imagens abaixo.

d06

Carnotaurus reconstruction Headden.jpg

Esqueleto do Carnotaurus, arte de Jaime A. Headden (fonte)

Com relação ao mapa, ele foi redesenhado por um artista da Aleph, o que dá à arte um aspecto diferente em relação ao mapa original, mas nenhuma informação foi alterada. Apenas observamos que a tradução de alguns elementos apresenta diferenças, como “estrada do penhasco” foi substituído por “estr. da cordilheira”, por exemplo.

09

A editora se pronunciou em sua página do Facebook, acerca dos problemas com os dinossauros, informou que serão corrigidos em uma nova edição, veja:

WhatsApp-Image-20160627r

A editora não incluiu nesta edição algum material extra, provavelmente consequência da má recepção do posfácio que Marcelo Hessel redigiu para Jurassic Park, em 2015. Esperávamos por um anexo (posfácio, ensaio, crítica…) bem feito nesta edição, pois há muito o que se analisar e discutir acerca dos livros de Crichton.

Agradecemos ao Rodrigo Bassalo pelo envio das imagens!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *